1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

SOLIDARIEDADE: Rotary de Cachoeirinha doa material para diagnóstico do câncer de mama

Escrito por  Vanessa Martins 11 Agosto 2017 Publicado em Últimas Notícias
SOLIDARIEDADE: Rotary de Cachoeirinha doa material para diagnóstico do câncer de mama Foto: Naldo Lima

Parceria com o Programa Viva Mulher, da Secretaria Municipal da Saúde, já fez um ano e reduziu o tempo de espera pelo exame de dois anos para 15 dias.


O Rotary Cachoeirinha entregou nesta sexta-feira, 11, um conjunto de 50 agulhas descartáveis para realização de exames de punção, para fins de diagnóstico do câncer de mama. O material foi entregue pela representante da entidade, Cledi Maria Vieira, à equipe do Centro de Especialidades Clínicas (CEC), da Secretaria Municipal de Saúde, onde a coleta é realizada. A análise patológica é feita no Hospital Mãe de Deus, que também tem parceria com o Rotary e viabiliza os exames a um preço mais acessível.
A entrega foi feita na presença do Governador Distrital do Rotary, Leandro Kolodny, que está em visita à cidade, e do prefeito Miki Breier, acompanhados de suas esposas, Elisabeth Kenkin e Vanessa Moraes, respectivamente. Para o chefe do executivo, o governo municipal investe além do que a lei determina, mas aquém das necessidades. "Os problemas são maiores do que as nossas possibilidades, então só temos que agradecer iniciativas como esta do Rotary, que está nos ajudando a salvar muitas vidas". A coordenadora de Assistência em Saúde, Cristiane Almeida, revelou que, antes do projeto, o município tinha que encaminhar as pacientes aos serviços de Saúde do Estado para realização dos exames, o que levava até dois anos para a obtenção do diagnóstico: "com a doação do Rotary e a realização dos exames no CEC, esse tempo foi reduzido para 15 dias. Cerca de 10 dias depois a paciente já dá início ao tratamento, aumentando significativamente as chances de cura".
A coordenadora do setor de Saúde da Mulher, Cristina Rossatto, lembrou que, desde maio do ano passado, 60 biópsias foram realizadas e 20% delas apresentaram malignidade. "É um número bastante significativo. Quase todas já estão em tratamento. Imagina se elas ainda estivessem aguardando pelo exame?", questionou ela.
O Governador salientou que "o Rotary está fazendo a diferença, exatamente como diz o lema da instituição".

Valores
Foram doadas 50 agulhas para punção, sendo que cada uma custa em torno de 100 reais. O material coletado vai para análise patológica no Hospital Mãe de Deus ao custo de 35 reais cada exame. O Rotary também já doou, em outro momento, a pistola utilizada para a punção, além de maca, biombo e banqueta para o consultório.
Cledi destacou que o projeto continua: "vamos continuar trabalhando para que mais agulhas sejam adquiridas".

Mais solidariedade
Na oportunidade, a coordenadora do CEC, Marlene Roxo, entregou ao Rotary duas mantas de lã confeccionadas pela equipe e por pacientes do Centro, através do projeto "Mãos Solidárias". "Estamos repassando essas mantas a vocês para que revertam em renda para auxiliar a APAE e a Associação de Autistas", anunciou ela. A rotariana Vera Kittel recebeu emocionada a doação: "foram feitas com as mãos, então têm um valor muito especial para nós", agradeceu.