1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

TRANSPARÊNCIA: Relatório aponta que Cachoeirinha investe 32,61% do orçamento em saúde

Escrito por  Gisele Ortolan 11 Agosto 2017 Publicado em Últimas Notícias
TRANSPARÊNCIA: Relatório aponta que Cachoeirinha investe 32,61% do orçamento em saúde Arquivo pessoal


Nos primeiros quatro meses de 2017 foram aplicados R$ 23 milhões. A maior parte, R$ 18 milhões, saíram dos cofres municipais. Estado e União repassaram pouco mais de R$ 4,1 milhões

Em Audiência Pública realizada nesta quarta-feira (9), na Câmara de Vereadores, o secretário da Saúde Paulo Abrão apresentou os números da saúde municipal através do Relatório de Monitoramento da Gestão.
Conforme o documento, nos primeiros quatro meses de 2017, o total de investimento de Cachoeirinha na área foi de R$ 23 milhões. Deste valor, pouco mais de R$ 1 milhão foram repassados pelo governo estadual e R$ 3,1 milhões pelo governo federal. Dos cofres municipais saíram a maior parte dos recursos investidos na saúde, totalizando R$ 18 milhões.
Os valores representam 32,61% do orçamento, valor superior aos 15% exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Para o titular da secretária da Saúde o fato é favorável, pois demonstra a capacidade do município de, mesmo em meio à crise econômica que afeta todo o país, manter o mínimo dos serviços de saúde à população.
“A área da saúde é uma das mais demandas. Sabemos que ainda há muito por ser feito. Mas, o relatório demonstra que, neste governo, apesar da grande queda na arrecadação, estamos investindo acima dos percentuais mínimos” destaca Abrão.
O Relatório de Monitoramento da Gestão em Saúde (RMGS), 1º quadrimestre de 2017 é um balanço financeiro e orçamentário da Secretaria Municipal de Saúde e traz os números investido na manutenção de pessoal, serviços, medicamentos e outros necessários para o funcionamento da secretaria e atendimento da população.
Ao final da Audiência Pública o relatório foi protocolado na secretaria da Câmara dos Vereadores e uma cópia também foi entregue para a análise do Conselho Municipal de Saúde.