1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

MODERNIZAÇÃO: Publicado edital de concorrência para a primeira PPP de Cachoeirinha

Escrito por  Vanessa Martins 09 Março 2018 Publicado em Últimas Notícias
MODERNIZAÇÃO: Publicado edital de concorrência para a primeira PPP de Cachoeirinha Foto: Fernando Planella

Parceria Público-Privada permitirá que a cidade seja referência na gestão da iluminação pública.

O prefeito Miki Breier assinou nesta semana o edital de abertura do processo licitatório para Parceria Público-Privada (PPP), na modalidade de concessão administrativa, para a gestão, modernização, expansão, operação e manutenção da rede de iluminação pública do município. "Será a primeira PPP a ser realizada no município e estamos muito felizes em desenvolver este trabalho, que certamente será uma referência nesta área para todo o Estado", pontuou o chefe do executivo.

O processo deverá durar em torno de três meses até a assinatura do contrato com a empresa vencedora do certame. Após esta etapa, será iniciado o trabalho com a substituição das lâmpadas atuais pelas de LED, gerando mais economia no consumo, qualidade na iluminação dos espaços públicos da cidade, além de ser ecologicamente correta, uma vez que quase todos os componentes são recicláveis.

O edital número 002, exercício 2018, está publicado no site da Prefeitura, no link "Editais". A abertura dos envelopes das empresas interessadas está marcada para o dia 23 de abril.

Consulta Pública

Entre janeiro e fevereiro, a comunidade de Cachoeirinha foi chamada a opinar e dar sugestões sobre a proposta de Parceria Público Privada (PPP) para a iluminação pública. As dúvidas e contribuições recebidas podem ser consultadas clicando aqui.  A proposta também foi detalhada à população durante Audiência Pública, realizada no dia 3 de janeiro.

A ocasião, o prefeito Miki Breier destacou: "para termos uma ideia do impacto desta ação, em termos financeiros, arrecadamos em torno de R$ 6 milhões em 2017 com a Contribuição da Iluminação Pública (CIP), que é cobrada na conta de energia elétrica de todos nós. Deste valor, foram gastos R$ 3,6 milhões somente com o consumo. Apenas R$ 2,4 milhões puderam ser aplicados com a manutenção e a ampliação da iluminação, o que não é suficiente para ampliar a rede".

Outra vantagem, é que na PPP será exigido que a empresa substitua as lâmpadas por LED, o que representará uma economia nos gastos. Também está prevista a diminuição dos pontos escuros da cidade e o gerenciamento de todo o sistema através da telemetria. A previsão é a de que, em quatro anos, todos os postes da cidade já disponham das novas lâmpadas. Atualmente, Cachoeirinha tem cerca de 10 mil pontos de iluminação.