1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

CULTURA: Cachoeirinha será presenteada com concerto da OSPA

Escrito por  Vanessa Martins 10 Abril 2018 Publicado em Últimas Notícias
CULTURA: Cachoeirinha será presenteada com concerto da OSPA Foto: Ana Eidam/divulgação

Apresentação gratuita da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre abrirá o mês de comemorações pelo aniversário da cidade.


A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre vai presentear Cachoeirinha com um concerto no dia 20 de abril, às 20h30min, na Igreja São Vicente de Paulo (Igreja Matriz), abrindo as comemorações pelos 52 anos da cidade. Sob a regência do maestro Evandro Matté e com solos da soprano Andiara Mumbach, a apresentação faz parte da Série Interior, com patrocínio da Corsan e apoio da Prefeitura e da Ágora Escritório de Produção. Este ano, a Série visitará Taquara, São Lourenço do Sul, Gramado, Carazinho, Montenegro, Garibaldi, São Sebastião do Caí e Venâncio Aires. Felizmente, Cachoeirinha será uma das contempladas. "Para nós é um orgulho muito grande fazer parte deste roteiro, ainda mais nas vésperas em que a cidade completa seus 52 anos de fundação. Nada melhor do que comemorar com música de alto nível", elogiou o prefeito Miki Breier.

Conforme a produtora cultural e jornalista Sônia Zanchetta, desde 2013 a Orquestra não se apresentava em Cachoeirinha. "Sei que na Igreja Matriz foram três apresentações: em 2007, 2012 e 2013. Antes disso, a orquestra esteve aqui, mas com concertos em outros espaços, assim me contaram", revelou. Nesta apresentação, os músicos trazem o seguinte repertório: a trilha do famoso musical West Side Story, conhecido, no Brasil, como Amor, Sublime Amor, do compositor norte-americano Leonard Bernstein (1918-1990), cujo centenário de nascimento é lembrado em 2018. Em seguida, a Ospa executa Bachianas Brasileiras nº 5, de Heitor Villa-Lobos (1887-1959), com os solos da soprano Andiara Mumbach. Também integram o repertório a abertura de A Força do Destino e a ária Caro Nome, da ópera Rigoletto, de Giuseppe Verdi (1813-1901), com mais uma participação de Andiara Mumbach. O programa segue com La Cumparsita, tango de Gerardo Matos Rodríguez (1897-1948), reverenciado no mundo inteiro, em um arranjo especial de Arthur Barbosa, e se encerra com a Suíte Chimango nº 1, com excertos da opereta Chimango do próprio Barbosa.

Saiba mais

Evandro Matté é o diretor artístico e maestro da Ospa e da Orquestra Unisinos Anchieta, e diretor artístico do Festival Internacional SESC de Música, que acontece em Pelotas. Trompetista da Ospa desde 1990, é também coordenador cultural da UNISINOS. Esteve à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, China, República Checa e Alemanha. É coordenador do projeto social Vida com Arte, que atende 250 crianças, proporcionando inclusão social através da música. Já a soprano Andiara Mumbach é bacharel em canto na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), tem participado de masterclasses com os professores Carlos Rodriguez, Luisa Giannini, Juremir Vieira, Maria Cristina Kiehr, Marilia Vargas, Homero Velho, Eiko Senda e Martha Herr. Foi professora de técnica vocal no Projeto de Extensão do Curso de Música da UFSM e preparadora vocal do Coro de Câmara da mesma instituição. Atualmente, ministra aulas de canto e dedica-se especialmente ao repertório barroco e à música de câmara, recebendo orientações da soprano Elisa Machado, em Porto Alegre.

A Ospa é uma das fundações vinculadas à Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (Sedactel) e tem quase 70 anos de história. Desde 1950, realiza um trabalho de difusão da música orquestral e formação de plateias no Rio Grande do Sul. É a orquestra mais antiga do país em atividade ininterrupta.