1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

INCLUSÃO: Estudantes de Cachoeirinha são destaque nas Paralimpíadas Escolares 2019

Escrito por  Gisele Ortolan 25 Novembro 2019 Publicado em Últimas Notícias
INCLUSÃO: Estudantes de Cachoeirinha são destaque nas Paralimpíadas Escolares 2019 Divulgação

Ana Carolina, Matheus Henrique e Raphaela subiram ao pódio na natação duas vezes cada um e garantiram duas medalhas de Ouro e quatro de Prata.

Seis medalhas Paralímpicas estão em Cachoeirinha. Os três alunos da rede municipal subiram ao pódio duas vezes cada um: Ana Carolina da Silva Matias, estudante da EMEF Dagmar de Lima Mucillo, conquistou o Ouro nas modalidades 25 metros de costas e nado livre; Matheus Henrique da Silva Rodrigues, da EMEF Jardim do Bosque, ficou com a Prata nos 25 costas e livre; assim como Raphaela Souza do Amaral, também da Dagmar de Lima Mucillo, nos 25 costas e livre.

Os estudantes integram a delegação Paralímpica Gaúcha, que levou para as Paralímpiadas Escolares 2019, 11 atletas e sete profissionais na Comissão Técnica, dentre eles a professora Luciane Freitas, idealizadora do Projeto Psicomotricidade Relacional no Meio Aquático da Secretaria de Educação de Cachoeirinha. Ao todo, a equipe gaúcha trouxe 29 medalhas para o Rio Grande do Sul, garantindo a quinta colocação entre os 25 estados participantes da natação. "O Projeto Psicomotricidade Relacional no Meio Aquático atualmente acontece na Academia Pró-Fitness. Desde o ano passado, alguns estudantes começaram a demonstrar interesse em participar de festivais de natação e garantiram vaga nas Paraolimpíadas Escolares", relembra a professora Luciane Freitas.
Luciane destaca ainda o trabalho e o incentivo da técnica de natação Fernanda Michaelsen, idealizadora da Associação Esporte Mais: "Ela foi a porta pra tudo isso acontecer". As Paralímpiadas Escolares é o maior evento realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para jovens com deficiência em idade escolar, com idade ente 12 a 18 anos. O evento aconteceu de 18 a 23 de novembro e as provas foram realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Texto e edição de: Gisele Ortolan/PMC
Foto/Arte de: Divulgação/PMC
- Autorizada a reprodução dos textos de imagens, desde que as fontes sejam citadas.