1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

VACINA: Pentavalente começa a ser distribuída nesta terça, dia 14

Escrito por  Judy Wroblewski 13 Janeiro 2020 Publicado em Últimas Notícias
VACINA: Pentavalente começa a ser distribuída nesta terça, dia 14 Divulgação

Pela manhã, aplicações acontecem nas ESFs e, à tarde, nas UBS. Ao todo, Cachoeirinha recebeu 400 doses do Ministério da Saúde.


Na terça-feira, dia 14, começa a ser distribuída a vacina pentavalente para as 12 salas de vacinação de Cachoeirinha. No total, foram 400 doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde.
Pela manhã, aplicações acontecem nas Estratégia Saúde da Família (ESFs) e, à tarde, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Quando o estoque da penta terminar, os postos de saúde seguirão usando o esquema de substituição sugerido pelo Ministério da Saúde, que troca temporariamente a vacina pentavalente pela vacina DTP (Tríplice Bacteriana) combinada com uma dose da vacina para Hepatite B em crianças menores de um ano de idade”, explica o secretário da Saúde Dyego Matielo.
A pentavalente protege as crianças contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite. Ela é administrada três vezes: aos dois, aos quatro e aos seis meses de idade.
Levando em consideração a situação epidemiológica da coqueluche no Brasil, que até dezembro de 2019 teve mais de 1300 casos confirmados, a Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunização (CGPNI) adotou um esquema temporário para proteger as crianças menores de um ano. O reestabelecimento dos estoques da pentavalente é previsto para março de 2020.

Os critérios para administração da imunização são:

- Crianças menores de um ano de idade com início de esquema (aos 2 meses): aplicar DTP + HB e complementar o esquema (segunda e terceira dose) com penta;
- Crianças que iniciaram o esquema com penta, fazer segunda dose com DTP + HB e complementar esquema (terceira dose) com penta;
- Crianças com duas doses de penta, complementar esquema (terceira dose) com uma dose de DTP + HB;
- Para todas as situações acima, o reforço com penta aos 15 meses é recomendado.


Texto de: Judy Wroblewski – Estágio Supervisionado/PMC
Edição de: Gisele Ortolan/PMC
Foto/Arte de:
- Autorizada a reprodução dos textos e imagens, desde que as fontes sejam citadas.