CACHOEIRINHA DIGITAL: Rede de transmissão de fibra ótica já está instalada

Escrito por  Andressa de Bem e Canto 03 Fevereiro 2020 Publicado em Últimas Notícias
Lido 493 vezes

Sistema vai integrar todas unidades de saúde, educação e assistência. Serviço também fará o certamento eletrônico de todos eles além de garantir wi-fi em 20 praças 

O projeto Cachoeirinha Digital está com toda a rede de transmissão de fibra ótica concluída. Agora, resta somente a ligação com cada um dos 94 pontos, tais como escolas, unidades de saúde e prédios da Prefeitura, que está em ritmo acelerado. Cada ponto terá duas câmeras de monitoramento: uma interna (na recepção do prédio) e outra externa (na fachada do prédio ou estacionamento). Prédios maiores poderão ter até quatro câmeras e a Prefeitura contará com oito.
Conforme o prefeito Miki Breier, o Cachoeirinha Digital compreende uma modernização em toda planta de tecnologia da Prefeitura, uma rede de alta velocidade que vai integrar os prédios e serviços públicos. “Vai aprimorar, por exemplo, os serviços de segurança do município, integrando todas as câmeras da cidade com maior eficiência e modernização”, aponta o titular do Executivo.
A empresa Smart Tecnologia, fornecedora do serviço, está passando em cada ponto para a instalação dos racks, onde ficarão os equipamentos de rede e as câmeras de segurança/monitoramento. As imagens serão acessadas na nova sala de videomonitoramento da Guarda Municipal, que ficará instalada na sua própria sede. Além das seis TVs atuais, serão 12 novas TVs e quatro estações de computador, que centralizarão todas as câmeras da cidade, inclusive as 26 do Cercamento Eletrônico.
O local da instalação das câmeras do Cachoeirinha Digital é determinado pela Guarda Municipal, levando em consideração os riscos de roubo, furto, arrombamento e estatísticas de segurança pública. A previsão de conclusão da instalação dos racks, das câmeras de segurança e da nova sala de videomonitoramento é de 30 dias.
Em uma segunda etapa, serão instalados os postes com internet Wi-Fi, com acesso público, e câmeras de segurança em 20 praças do município, num prazo estimado de dois meses. Também está prevista a substituição da telefonia convencional pela telefonia IP (pela internet), com a redução drástica de despesas de telefonia fixa e de centrais telefônicas analógicas, a partir da conclusão da rede de fibra ótica.

Texto de: Andressa de Bem e Canto/PMC

Edição de: Gisele Ortolan/PMC

Foto/Arte de: Divulgação/PMC

- Autorizada a reprodução dos textos e imagens, desde que as fontes sejam citadas.

voltar ao topo