FIQUE EM CASA: Medidas de contenção visam diminuir a propagação do coronavírus

Escrito por  Andressa de Bem e Canto 25 Março 2020 Publicado em Últimas Notícias
Lido 882 vezes
FIQUE EM CASA: Medidas de contenção visam diminuir a propagação do coronavírus Arte PMC

A principal delas é o isolamento social, ou seja, que as pessoas fiquem em casa o maior tempo possível e só saiam em caso de muita necessidade. 

  
    Desde o dia 16 de março, o município de Cachoeirinha vem adotando uma série de medidas de contenção que visam diminuir a propagação do coronavírus. A principal delas é o isolamento social, ou seja, que as pessoas fiquem em casa o maior tempo possível e só saiam em caso de muita necessidade. Outras medidas como a suspensão das aulas, o fechamento do comércio e o toque de recolher na cidade das 22h às 5h, embora gerem polêmicas, são necessárias para evitar ao máximo a aglomeração de pessoas.
    O Brasil já ultrapassou 2 mil casos de coronavírus, e registra 47 óbitos. A primeira morte pela Covid-19 no Rio Grande do Sul ocorreu na madrugada desta quarta-feira, 25 de março, em Porto Alegre, uma mulher de 91 anos. “As medidas que estamos adotando, por mais duras que possam parecer, têm ajudado a não termos registros de casos de coronavírus até o momento em Cachoeirinha. Por isso, estamos insistindo tanto para as pessoas ficarem em casa”, argumenta o prefeito Miki Breier.
    Outra ação importante do governo municipal é aplicação da vacina contra a gripe realizada nas casas dos idosos. Tudo para evitar ao máximo a saída para as ruas das pessoas acima de 60 anos, que são o grupo de maior risco. “Salientamos que existe um mapeamento de vacinação a ser cumprido, de modo que não conseguiremos vacinar todos os idosos no mesmo dia. Mas não se preocupem, ninguém vai ficar sem vacina. Só pedimos calma e que as pessoas acima de 60 anos não vão às unidades de saúde, pois as equipes de vacinação irão até vocês”, tranquiliza o secretário de Saúde, Dyego Matielo.

Medidas de contenção ao coronavírus em outros países

    A China adotou medidas de contenção de propagação do vírus, tais como isolamento domiciliar, fechamento de fronteiras e de estabelecimentos comerciais; no dia 23 de janeiro, quando havia cerca de 800 casos de coronavírus. Já a Itália parou o país quando tinha 10 mil casos acumulados de Covid-19. Atualmente, a Itália tem o maior índice de mortalidade pelo coronavírus no mundo, principalmente porque as medidas de contenção demoraram a ser implementadas, como apontam especialistas.
    Portanto, a exemplo do que está acontecendo em outros países, o Brasil está tomando essas medidas de contenção a fim de evitar que o coronavírus se espalhe tão rapidamente e impedir um verdadeiro colapso do sistema de saúde brasileiro. Conforme o próprio Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o pico do contágio por coronavírus no Brasil deve ser entre o meio e final do mês de abril. Por isso, é muito importante adotar as medidas de contenção de propagação da Covid-19 neste momento, tendo em vista que o vírus pode levar até 15 dias para se manifestar no organismo.

voltar ao topo