1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

CIDADANIA: CRAS atenderam mais de 10 mil pessoas em abril

Escrito por  Vanessa Martins 21 Maio 2020 Publicado em Últimas Notícias
CIDADANIA: CRAS atenderam mais de 10 mil pessoas em abril Foto: Judy Wroblewski

Serviços assistenciais e de habitação mantiveram atendimentos mesmo com as restrições sanitárias em virtude do coronavírus.

Na live desta quinta-feira, 21, no Facebook da Prefeitura, o secretário municipal de Assistência Social, Cidadania e Habitação, Tiago de Mello, atualizou dados sobre a pasta. Mesmo com as restrições impostas pela pandemia do coronavírus, os serviços assistenciais não foram interrompidos, em sua grande maioria. Nos cinco Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) da cidade, foram realizados mais de 10 mil atendimentos, somente em abril. Mais de 230 famílias foram cadastradas no CAD-Único, que já tem mais de 10 mil inscritos em Cachoeirinha. Destes, 3.400 estão aptos a receber o Bolsa Família.

Através dos CRAS, as famílias em situação de vulnerabilidade que não são atendidas pelos programas sociais já existentes, poderão solicitar o kit de alimentação que está sendo distribuído por meio da campanha "Espalhe Amor", que unifica a Campanha do Agasalho com as ações do Comitê da Solidariedade, reforçando as recomendações sanitárias. Através desta iniciativa, também serão aceitos produtos de higiene e limpeza e alimentos, que serão utilizados na montagem de cestas básicas. Conforme o secretário, "mais de 2 mil kits já foram distribuídos, mas ainda há uma lista de espera de mais de 1 mil famílias, por isso é fundamental que a sociedade esteja engajada com a campanha". Além de 30 postos de coleta, a SMASCH buscará as doações à domicílio, por meio de agendamento pelos telefones 98124-4498, 99260-6683, 3471-5939 ou 3441-8700. O principal ponto de arrecadação é o Recanto Solidário, no pátio da Prefeitura, que também está organizada para buscar donativos. Doações em dinheiro podem ser feitas por transferência bancária para a conta 55.772-2, agência 2867-3, do Banco do Brasil.

Amarelinha - Para proteger as crianças abrigadas no AIMA (Acolhimento Institucional Municipal Amarelinha), foi estabelecida uma parceria com o Juizado da Infância e da Adolescência e com o Ministério Público, em que as crianças puderam ir para o acolhimento domiciliar, evitando-se assim o contágio entre elas.

População em situação de rua - Já no Albergue Municipal, o atendimento foi ampliado para 24 horas por dias, todos os dias, com três refeições diárias e pernoite. Cerca de 90 pernoites estão sendo realizados por semana. O Centro de Referência da População Adulta de Rua (Crepop-rua) já realizou mais de mil atendimentos e o Restaurante Popular ofereceu mais de 1,1 mil refeições.

Imigrantes - no atendimento ao imigrante, foram disponibilizados telefones e whatsapp para orientações e acompanhamento. Mais de 200 foram atendidos com orientações, encaminhamentos para confecção de documentos ou seguro-desemprego.

Habitação – Mais de 30 atendimentos foram realizados e obras estão em andamento, como o CRAS Colinas, que deverá ser inaugurado em breve, e novos projetos estão em andamento como a reforma do CRAS Wilkens e a construção do novo CRAS Betânia.

Procon – foram realizados quase 700 atendimentos por telefone, 114 presenciais e 87 por e-mail. A fiscalização chegou a 56 estabelecimentos, com 18 notificações e sete autos de infração.