1. Skip to Main Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

CORONAVÍRUS: Prefeitura aumenta medidas de controle

Escrito por  Carol Candido 26 Maio 2020 Publicado em Últimas Notícias
Divulgação PMC Divulgação PMC

Com a confirmação de um caso, que está estável e em quarentena, prédio será desinfectado e 28 servidores estão sendo testados


A Prefeitura de Cachoeirinha vai aumentar e intensificar os procedimentos de controle de contágio após a confirmação de um caso da Covid-19. A servidora, que é estagiária, está em isolamento domiciliar e passa bem. “Ela chegou na segunda-feira, dia 18, relatando que estar com sintomas de gripe. Logo, foi encaminhada para UPA”, explica a corregedora Denise Morschbacher.
Desde então, todos os seis servidores da corregedoria estão em quarentena e aguardam o resultado dos testes já realizados. A equipe da limpeza realizou a sanitização da sala e a Prefeitura está providenciando a desinfecção do prédio.
Para garantir a saúde e controlar a propagação, outros 22 funcionários serão testados na quinta-feira, dia 28, quando completam-se 10 dias do diagnóstico da paciente.

Protocolo
Os prazos e as condutas atendem aos mais atuais protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde, Secretaria Estadual da Saúde e Vigilância Epidemiológica Municipal para locais de trabalho onde há pacientes com confirmação de coronavírus.

Regras
Na live de hoje, 26 de maio, a secretária de Modernização Administrativa e Gestão de Pessoas, Aline Mello lembrou que a Prefeitura já adota diversas regras para atender quem necessita dos serviços presenciais. “Estamos distribuindo máscaras paras os munícipes que não possuem, também disponibilizamos álcool gel na entrada e vamos passar a medir a temperatura de todos que precisam entrar na sede”, explica.
A Prefeitura também aumentou as equipes e a periodicidade das higienização das salas. “Estamos providenciando a desinfecção do prédio e ainda criamos um grupo reunindo todos os setores da Prefeitura e, com relatórios diários, monitoramos o estado de saúde dos servidores”, destacou.
A escala de trabalho também busca evitar aglomerações nos setores. O decreto nº 6891 estabelece turnos de expediente e controle de fluxo de pessoas por departamento, distância de dois metros nos locais de espera e guichês de atendimento além do uso obrigatório de máscaras. Servidores com doenças ou comorbidades estão afastados.