SEGURANÇA: Sistema de videomonitoramento flagra invasão e evita furtos em duas escolas neste final de semana

Escrito por  Judy Wroblewski 08 Junho 2020 Publicado em Últimas Notícias
Lido 741 vezes
SEGURANÇA: Sistema de videomonitoramento flagra invasão e evita furtos em duas escolas neste final de semana Divulgação/PMC
Os equipamentos fazem parte do projeto “Cachoeirinha Digital”, que monitora todos os prédios públicos através do Centro Integrado de Comando e Controle



Na manhã deste domingo, dia 7, as câmeras de monitoramento do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) flagraram um indivíduo nas dependências da EMEF Natálio Schlain. A Guarda Municipal foi acionada e se dirigiu ao local para averiguação. Foi constatado que uma sala havia sido arrombada e um homem foi visto saindo da escola com panelas e outros objetos. O suspeito, de 29 anos, com antecedentes criminais por roubo, furto, apreensão de objeto e ameaça, foi conduzido a Unidade de Pronto Atendimento e apresentado na Delegacia de Pronto Atendimento de Gravataí.
Às 22h51min do mesmo dia, foi detectada uma violação na EMEF Fidel Zanchetta. A situação foi repassada para a GM, que ao chegar no local, abordou um indivíduo ainda dentro da escola. O rapaz foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento de Gravataí.
Sistema de videomonitoramento
O Cachoeirinha Digital tem equipamentos de videomonitoramento instalados em todos os prédios públicos municipais, como EMEFs, EMEIs, Unidades de Saúde, CRAS, praças, etc.
O projeto está em fase de finalização. A previsão de instalação é de 220 câmeras. 95% das instalações já foram concluídas. “As câmeras contam com software analítico, que pode tocar um alarme quando há intrusão, alteração de objeto, ou cruzamento de linha. Este software já está em funcionamento nos equipamentos e estamos adaptando cada local conforme as necessidades específicas”, explica o prefeito Miki Breier.
Os locais de instalação de cada câmera nos prédios públicos foram indicados pela Guarda Municipal, que é acionada quando ocorre alguma alteração. “Quando recebemos denúncia de invasão ou suspeita de furto em algum prédio público, imediatamente acionamos as unidades, o que nos garante muita agilidade no cuidado do patrimônio público”, ressalta a secretária de Segurança e Mobilidade, Tatiana Boazão.
voltar ao topo